SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
Secretário de Assistência Social: GERALDO LOPES FERREIRA

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional tem por finalidade coordenar o conjunto de serviços assistenciais de combate a pobreza e promoção do trabalho e da qualificação profissional dos munícipes visando o aumento da auto estima e dignidade do cidadão em consonância com as diretrizes emanadas pela LOAS e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), através de ações e serviços que visem à promoção, proteção social dos munícipes, tendo como princípios a universalização, a territorialização, a matricialidade sócio familiar, equidade e a integralidade, a qualidade do serviço e humanização no atendimento.
Entre outras atribuições, a ela compete:
• Promover políticas de assistência social no município, de acordo com as necessidades básicas da municipalidade;
• Propor e gerenciar convênios com instituições públicas, privadas ou organização da sociedade civil consoante os objetivos que definem as políticas de assistência social;
• Elaborar, executar, incentivar e desenvolver programas e projetos em defesa dos direitos da mulher, do idoso, da criança, do adolescente e pessoas com necessidades especiais;
• Formular diretrizes e políticas sociais que propiciem o acesso à assistência social;
• Gerenciar recursos financeiros alocados no Fundo Municipal de Assistência Social;
• Garantir as ações e serviços de sua competência, normatizar e organizar o armazenamento e distribuição de materiais utilizados na execução de suas atribuições;
• Formular diretrizes e políticas de assistência social que propiciam o direito a equidade;
• Propor e gerenciar convênios com instituições públicas, privadas ou organização da sociedade civil consoante os objetivos que definem as políticas de participação e cidadania; XIV – Formular diretrizes e políticas sociais que propiciem o acesso à cidadania;
• Elaborar, executar, incentivar e desenvolver programas de esclarecimentos e defesa dos direitos da mulher, da comunidade negra, do idoso, da criança e adolescente, das pessoas portadoras de necessidades especiais e da juventude no âmbito da administração municipal de acordo com as orientações e deliberações de seus respectivos conselhos; e,
• Coordenar outras atividades destinadas à consecução de seus objetivos etc.